MARíA ISABEL JOCILES

Universidad Complutense de Madrid, España

 MARIBEL JOCILES

 

 

 

 

 

 

 

 

Maria Isabel Jociles é professora universitária, professora e pesquisadora da Universidade Complutense de Madri desde 1991, diretora do Departamento de Antropologia Social e Psicologia Social, co-diretora do grupo de pesquisa APSYC (Antropologia das Políticas Sociais e Culturais) e do Revista Política e Sociedade.

Suas linhas de pesquisa são: novas formas de fazer família, adoção internacional, reprodução assistida com “doadores”, processos de socialização de crianças e jovens, epistemologia e metodologia de pesquisa etnográfica.

Publicações:

https://www.researchgate.net/profile/Maria_Jociles 

https://ucm.academia.edu/MaribelJociles

 

LUZIA OCA

UTAD, Portugal

foto luzia oca cuadrada

Luzia Oca González(Ribadeo, 1971), formada em Sociologia pela UniversidadComplutense de Madrid (1994), doutora em Antropologia Social pela Universidade deSantiago de Compostela (2013). Professora Assistente da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde leciona desde 2004. Pesquisadora do Centro de EstudosTransdisciplinares para o Desenvolvimento-CETRAD.

Antes de ingressar na carreira universitária, ela desenvolveu a sua carreira profissionalem vários projetos de intervenção social, inicialmente com a comunidade cabo-verdianada Galiza (localidade de Burela), entre 1998 e 2001, coordenando iniciativas deintegração. Posteriormente (2002-03), trabalhou como agente de igualdade no municípiode Camariñas (Corunha).

Ela tem um relacionamento próximo com Cabo Verde, onde colabora desde 2006 noplanejamento e implementação de projetos de cooperação para o desenvolvimento, naAssociação de Cooperação com Cabo Verde-ACCVE, voltada para mulheres domunicípio de Ribeira Grande de Santiago, utilizando metodologias participativas comuma abordagem de empoderamento.

Autora de vários trabalhos de pesquisa e publicações sobre a comunidade cabo-verdianada Galiza, incluindo o livro "Caboverdianas en Burela (1978/2008). Migración,relaciones de género e intervención social”, baseado na sua tese de doutorado, que ganhouo Prêmio Vicente Risco de Ciencias Sociais 2014

Os seus interesses de pesquisa se concentraram no campo da confluência "gênero emigração", nas metodologias de intervenção participativa baseadas em propostasfeministas e, mais recentemente, no campo da confluência entre "gênero e turismo"

 

 

ARIESRESOL

   Logo AIBR

 

   POTSDAM

Com o apoio de:

WGmini